TI-AGRO, A VERDADEIRA AGRISOFT

Propriedade Rural Exige Administração Eficiente e Profissional

*Marcelo Tacchi

A Administração da Propriedade Rural é um esforço coletivo dos proprietários técnicos e funcionários através do qual se tenta atingir uma meta previamente estabelecida, balanceando o potencial produtivo da propriedade, o nível de investimento a ser efetuado, a valorização patrimonial e o resultado econômico das atividades envolvidas.

Uma boa administração é uma tarefa complexa que requer tempo, disciplina, paciência, conhecimento e, principalmente, muita dedicação e trabalho.  Muitos proprietários deixam de seguir alguns princípios básicos previamente testados através dos tempos que aumentam as chances de se atingir, com sucesso, as metas desejadas,  minimizando os riscos associados a este tipo de atividade. Eis algumas idéias para ajudar nessas tarefas:

Não brinque de fazendeiro
A propriedade rural deve ser administrada de forma séria e competente. Participe ativamente e demonstre interesse. Se você não o fizer por que os outros farão?

Nada é gratuito
Risco e retorno estão inter-relacionados. Estabeleça objetivos razoáveis de acordo com os recursos de sua propriedade, das técnicas de produção  disponíveis e das possibilidades de comercialização .

Não coloque todos os ovos na mesma cesta
Diversifique. Atividades zootécnicas podem perfeitamente ser integradas com agricultura. Descubra as aptidões de sua propriedade.

Nunca arrisque demais para obter retorno
A agropecuária deve ser vista como uma atividade estável. Plantios fora de época devem ser acompanhados de adequados recursos técnicos. Culturas exóticas, animais com preços recordes em leilão, normalmente farão você perder dinheiro.

Reinvista  os resultados
As atividades do setor rural não são extrativas. Aplique os resultados no seu próprio Negócio. A correta modernização do seu trabalho trará sempre um aumento de produtividade e, conseqüentemente, maiores lucros .

Faça comparação de performance
Conheça seus vizinhos estude e avalie seu sistema de produção, os resultados obtidos. Copie e aprimore o que for necessário. Não se acanhe de re-inventar a roda.  

Não tenha receio de assumir perdas
Não insista no que não funciona. A agropecuária não deve ser vista como um jogo. Entretanto, eventuais erros e fracassos no sistema de produção podem ocorrer. Trabalhe sempre nos projetos de produtividade e preços médios. Na pratica produza o máximo com o custo mínimo e pelo melhor preço possível.

Cuidado com modismos
Estude a fundo seu processo de produção. Cuidado com as atividades em moda que, na  pratica,  nem sempre são muito viáveis e realistas.

Pense, decida e aja
Os processos de conhecimento, a decisão e a ação são atividades imprescindíveis na produção. Nem sempre haverá informações suficientes para eliminar as incertezas. Mas, procure estar sempre certo  do que pode dar errado.

Considere o tempo como um fator de produção
Uma produção agrícola eficiente não deve ser imediatista. O proprietário rural deve ser fiel ao seu plano fazendo, no entanto, os ajustes e as retificações  cabíveis. Conheça o ritmo dos acontecimentos e aproveite o tempo necessário.

Busque o bom senso (que não é só o seu )
Use o bom senso. Mas, nem sempre o seu quer dizer que você esta correto. Busque descobrir o consenso dos demais envolvidos no processo.   

Dicas para o administrador rural

  1. Planeje suas atividades, isto é, pense antes de fazer.
  2. Procure descobrir sua verdadeira vocação no campo. Opte pelo que lhe  der mais prazer e satisfação.
  3. Conheça a  fundo sua propriedade rural.
  4. Selecione programas de produção viáveis, compatíveis com a região e de acordo com a sua disponibilidade de tempo e recursos.
  5. Trabalhe sempre com um olho no custo de produção e outro na tendência de mercado.
  6. Treine seu pessoal para que eles façam bem e saibam por que estão fazendo. Incentive a participação de todos.
  7. Procure aplicar sempre as mais modernas e eficientes tecnologias agronômicas existentes no mercado.
  8. Controle cuidadosamente os processos. O follow up servirá de base para ajustes e correções de rumos.
  9. Lembre-se: A qualidade depende dos processos que a geram.    

* Marcelo Tacchi é agrônomo que desde 1995 está voltado para a informatização do campo. Sua empresa, a TI-Agro, com atuação no país, América Latina, Europa e China, é a responsável pela gestão da Qualidade Total em cerca de 20 mil propriedades do país. Também é responsável pela informatização de mais 16.000 propriedades.

 

*Marcelo Tacchi

A Administração da Propriedade Rural é um esforço coletivo dos proprietários técnicos e funcionários através do qual se tenta atingir uma meta previamente estabelecida, balanceando o potencial produtivo da propriedade, o nível de investimento a ser efetuado, a valorização patrimonial e o resultado econômico das atividades envolvidas.
Uma boa administração é uma tarefa complexa que requer tempo, disciplina, paciência, conhecimento e, principalmente, muita dedicação e trabalho.  Muitos proprietários deixam de seguir alguns princípios básicos previamente testados através dos tempos que aumentam as chances de se atingir, com sucesso, as metas desejadas,  minimizando os riscos associados a este tipo de atividade. Eis algumas idéias para ajudar nessas tarefas:  

Não brinque de fazendeiro
A propriedade rural deve ser administrada de forma séria e competente. Participe ativamente e demonstre interesse. Se você não o fizer por que os outros farão?  

Nada é gratuito
Risco e retorno estão inter-relacionados. Estabeleça objetivos razoáveis de acordo com os recursos de sua propriedade, das técnicas de produção  disponíveis e das possibilidades de comercialização .

Não coloque todos os ovos na mesma cesta
Diversifique. Atividades zootécnicas podem perfeitamente ser integradas com agricultura. Descubra as aptidões de sua propriedade.

Nunca arrisque demais para obter retorno
A agropecuária deve ser vista como uma atividade estável. Plantios fora de época devem ser acompanhados de adequados recursos técnicos. Culturas exóticas, animais com preços recordes em leilão, normalmente farão você perder dinheiro.

Reinvista  os resultados
As atividades do setor rural não são extrativas. Aplique os resultados no seu próprio Negócio. A correta modernização do seu trabalho trará sempre um aumento de produtividade e, conseqüentemente, maiores lucros .

Faça comparação de performance
Conheça seus vizinhos estude e avalie seu sistema de produção, os resultados obtidos. Copie e aprimore o que for necessário. Não se acanhe de re-inventar a roda.  

Não tenha receio de assumir perdas
Não insista no que não funciona. A agropecuária não deve ser vista como um jogo. Entretanto, eventuais erros e fracassos no sistema de produção podem ocorrer. Trabalhe sempre nos projetos de produtividade e preços médios. Na pratica produza o máximo com o custo mínimo e pelo melhor preço possível.

Cuidado com modismos
Estude a fundo seu processo de produção. Cuidado com as atividades em moda que, na  pratica,  nem sempre são muito viáveis e realistas.

Pense, decida e aja
Os processos de conhecimento, a decisão e a ação são atividades imprescindíveis na produção. Nem sempre haverá informações suficientes para eliminar as incertezas. Mas, procure estar sempre certo  do que pode dar errado.

Considere o tempo como um fator de produção
Uma produção agrícola eficiente não deve ser imediatista. O proprietário rural deve ser fiel ao seu plano fazendo, no entanto, os ajustes e as retificações  cabíveis. Conheça o ritmo dos acontecimentos e aproveite o tempo necessário.

Busque o bom senso (que não é só o seu )
Use o bom senso. Mas, nem sempre o seu quer dizer que você esta correto. Busque descobrir o consenso dos demais envolvidos no processo.   

Dicas para o administrador rural
1.Planeje suas atividades, isto é, pense antes de fazer.
2.Procure descobrir sua verdadeira vocação no campo. Opte pelo que lhe  der mais prazer e satisfação.
3.Conheça a  fundo sua propriedade rural.
4.Selecione programas de produção viáveis, compatíveis com a região e de acordo com a sua disponibilidade de tempo e recursos.
5.Trabalhe sempre com um olho no custo de produção e outro na tendência de mercado.
6.Treine seu pessoal para que eles façam bem e saibam por que estão fazendo. Incentive a participação de todos.
7.Procure aplicar sempre as mais modernas e eficientes tecnologias agronômicas existentes no mercado.
8.Controle cuidadosamente os processos. O follow up servirá de base para ajustes e correções de rumos.
9.Lembre-se: A qualidade depende dos processos que a geram.    

* Marcelo Tacchi é agrônomo que desde 1995 está voltado para a informatização do campo. Sua empresa, a Agrisoft do Brasil, com atuação no país, América Latina, Europa e China, é a responsável pela gestão da Qualidade Total em cerca de 20 mil propriedades do país.